GS&CONSULTNotícias Eficiência operacional e aumento de produtividade são debatidos no LATAM Retail Show

Eficiência operacional e aumento de produtividade são debatidos no LATAM Retail Show

A eficiência operacional e o aumento de produtividade foram debatidos hoje durante o LATAM Retail Show, mais completo evento da América Latina voltado ao mercado varejista, que termina nesta quinta-feira, dia 30, no Expo Center Norte, em São Paulo, e reuniu importantes líderes, que, juntos, discutiram como superar as barreiras do presente e do futuro do varejo e consumo.

O tema teve a curadoria de Alexandre Machado, sócio-diretor da GS&Consult, empresa do grupo GS& Gouvêa de Souza, organizador do LATAM Retail Show, e os seguintes debatedores: Antônio Almeida, superintendente da Brascol; Aura Maria, gerente de organização e projetos da Cencosud, da Colômbia; e Douglas Pina, diretor do Carrefour Express.

Na abertura do painel, Machado citou alguns pontos que favorecem a eficiência operacional de uma loja, tais como uma arquitetura inteligente, com otimização de iluminação; marcas próprias de alta qualidade; comunicação visual, para o fornecimento de um espaço clean, porém informativo; equipamentos desenhados para o autosserviço; entre outros. De acordo com Douglas Pina, diretor do Carrefour Express, com o aumento do chamado atacarejo e do consumo perto de casa e do trabalho, a empresa teve que mudar.

“Precisávamos criar uma proposta que gerasse valor aos acionistas e comodidade ao público, daí surgiu o formato express, no qual temos um posicionamento de conveniência, não manipulamos alimentos perecíveis, temos uma logística com janelas de entregas pré-estabelecidas e 100% de nossos colaboradores são multifuncionais”. Pina revelou que uma pesquisa de engajamento feita no ano passado revelou que 80% dos colaboradores gostam do clima dessas lojas, um percentual de 10% a 15% superior ao das lojas convencionais da rede.

Antônio Almeida, superintendente da Brascol, comentou a importância do bairro do Brás, em São Paulo, onde a empresa especializada em produtos para bebês e crianças está instalada. Esta é uma região que compreende 55 ruas e mais de 10 mil lojas e recebe, diariamente, mais de 500 ônibus e entre 300 mil a 500 mil pessoas, sendo que em período promocional, esse número atinge 1 milhão. “Este mercado é multirracial e recebe consumidores até de outros países, por isso sempre procuramos inovar. Hoje temos agilidade para receber 70 mil peças e expedir outras 70 mil ao mesmo tempo, agilizamos a movimentação na entrada da loja, etiquetamos 100% dos produtos, entre outras melhorias de gestão. Também instalamos a máquina ‘Checa preço’, na qual os consumidores podem ver o total de suas compras antes de irem aos caixas”, diz Almeida.

Aura Maria, gerente de organização e projetos da Cencosud, da Colômbia, explicou que a empresa, líder regional de mercado, melhorou a experiência dos clientes por meio da força de seus colaboradores. “Para sermos eficientes, tivemos que melhorar nossos serviços para os clientes, como aumentar o número de caixas e reduzir o tempo de espera; motivar nossas equipes, levando em consideração as necessidades de cada colaborador; e otimizar os recursos, com a implantação de horários flexíveis e a diminuição de horas extras trabalhadas”, explica.

O Latam Retail Show teve início na terça-feira passada e termina hoje, dia 30. O evento reuniu importantes líderes, que, juntos, discutiram como superar as barreiras do presente e do futuro do varejo e consumo. Neste ano, a temática central foi “As transformações do ecossistema de negócios com resultados” eabordou todas as mudanças pelas quais a cadeia de negócios vem passando, a evolução no perfil do consumidor e a necessidade em haver um equilíbrio nas relações tanto no varejo quanto na indústria, shopping centers, e-commerce, foodservice, franquias e em diversas outras áreas.

Dividido em congresso e exposição, o Latam Retail Show começou como Fórum Latino-americano do Varejo, por 18 anos, e há quatro passou a ser realizado no seu formato atual. “Este é um evento para todos os perfis de varejistas, pois congrega conteúdo de altíssima qualidade, com a excelência com que é realizado e cria oportunidades para a relação de negócios. O Latam Retail Show é formado por tomadores de decisão, onde concorrente não é concorrente”, afirma Marcelo Toledo, CEO da GS&MD, empresa do grupo GS& Gouvêa de Souza, organizador do evento.

Fonte: Mercado & Consumo https://www.mercadoeconsumo.com.br/2018/08/30/eficiencia-operacional-e-aumento-de-produtividade-sao-debatidos-no-latam-retail-show/

 

No Comments

Leave a reply